Discografia

 

Mushroomhead

Capa da versão re-lançada:

Mushroomhead é o primeiro álbum da banda, lançado independentemente em 09/04/95. Algumas músicas foram remasterizadas anos depois no álbum XX. O CD foi re-prenssado em 2002, como Superbuick e M3 com capa alternativa. Em 2001 o álbum vendeu 41.000 cópias, um número considerável para um álbum que não era vendido na maioria das lojas e rede de mercados.

Músicas:

01. Slow Thing
02. Elevation
03. Too Much Nothing
04. Intermission
05. Ego Trip
06. Mommy
07. 2nd Thoughts
08. Casualties in B Minor
09. Indifferent
10. Simpleton
11. 43
12. Episode 29
13. Snap
*14 – 42
43. (Untitled)

*Das faixas 14 até 42 são apenas faixas, sem som, com 1 segundo cada.
A faixa bônus 43 sem título é uma mistura de clipes de canções em todo o álbum, elas são”Too Much Nothing,” “Indifferent,” “2nd Thoughts,” “Mommy” e “43”, separadas por um clipe de filme faturando ” Slow Thing”.

Quem gravou o álbum:

Jeffrey Nothing – Vocal
J.Mann – Vocal
Mr.Murdernickle – baixo
J.J Righteous – Guitarra
Dinner – Guitarra
Shmotz – Keyboards
DJ Virus – Samples
Skinny – Bateria
Mandy Lascko – participação de vocal em ” Mommy ”

————————————————————-

Superbuick:

Capa da edição re-lançada:

Superbuick é o segundo álbum independente lançado pela banda em 1996. A maioria das músicas foram depois re-lançados no álbum XX. O álbum foi depois re-prenssado em 2002 como aconteceu também com o primeiro CD Mushroomhead e M3.

Músicas:

01. Bwomp
02. Never Let It Go
03. These Filthy Hands
04. The Wrist
05. Chancre Sore
06. Flattened
07. Big Brother
08. Idle Worship
09. Fear Held Dear
10. Unintended
11. Bwomp (Repetindo)

————————————————————-

Remix:

Remix é um álbum da banda lançado em 1997 que como o própio nome já diz, é um álbum com remixes das músicas que a banda já tinha feito na época. A única faixa que não é um remix, e apenas um mix, é a faixa ” Everyone’s Got One “.

Músicas:

01. Bwomp (Full Length Version)
02. Elevation (Skin Mix)
03. 2nd Thoughts (Fuck like Pigs Mix)
04. Episode 29 (Hardcore Mix)
05. Snap (Gravy Mix)
06. Mommy (Malfunction Mix)
07. Everyone’s Got One (Only Mix)
08. The Wrist (Hand of Solo Mix)

Quem gravou o álbum foi:

Jeffrey Nothing – Vocal
J.Mann – Vocal
Dinner – Guitarra
J.J Righteous – Guitarra
Bronson – Samples
Skinny – Bateria
Shmotz – Keyboards
Pig Benis – Baixo

—————————————————————-

M3:

Capa da versão re-lançada:

M3 é o terceiro álbum independente da banda lançado em 1999. Algumas músicas desse álbum foram depois incluidas no álbum XX.

Músicas:

01. Before I Die
02. Solitare Unraveling
03. The New Cult King
04. Inevitable
05. Xeroxed
06. The Final Act
07. Conflict – The Argument Goes On
08. Exploiting Your Weakness
09. Beauteous
10. Born of Desire
99. Dark and Evil Joe

A faixa Dark and Evil Joe na prensagem original do CD era basicamente uma coleção de efeitos sonoros e diversos ruídos antes de terminar em uma “brincadeira” de um telefonema de um cara que ligou para a banda dizendo ser um grande fã.

Quem gravou o álbum:

J.Mann – Vocal
Jeffrey Nothing – Vocal
Pig Benis – Baixo
J.J Righteous – Guitarra
Gravy – Guitarra
Shmotz – Keyboards
Skinny – Bateria
Bronson – Samples
Scott Edgell – participação nos vocais das faixas 3 e 6.

————————————————————-

XX

XX (pronúnciado Double X ) é o primeiro álbum da banda sobre o selo de uma gravadora. Originalmente lançado como um álbum compilação (a banda não entrou em estúdio para grava-lo) com as músicas dos 3 álbuns anteriores, foi lançado sobre o selo da Eclipse Records, porém o álbum mais tarde foi re-gravado e re-lançado quando foi lançado pela Universal Records quando a banda largou a Eclipse Records.

O lançamento pela Universal Records ajudou a banda a entrar em nível internacional.

O álbum chegou ao número de 300 mil cópias vendidas.

Músicas na versão da Eclipse Records:

01. Before I Die
02. Bwomp
03. Solitare Unraveling
04. These Filthy Hands
05. Never Let It Go
06. Xeroxed
07. The Wrist
08. Chancre Sore
09. The New Cult King
10. Born of Desire
11. 43
12. Epiphany
13. Episode 29
14. Bwomp (versão estendida)
Essa versão do álbum foi lançada em 8 de Maio de 2001

Músicas da versão lançada pela Universal Records:

01. Before I Die
02. Bwomp
03. Solitaire Unraveling
04. These Filthy Hands
05. Never Let It Go
06. Xeroxed
07. The Wrist
08. Chancre Sore
09. The New Cult King
10. Empty Spaces
11. Born of Desire
12. 43
13. Fear Held Dear
14. Too Much Nothing
15. Episode 29
16. Bwomp (Versão estendida)
Essa versão foi lançada em 4 de Dezembro de 2001.

A versão desse CD lançada no mesmo dia só que no Reino Unido (UK) não contem a versão extendida de Bwomp e no lugar dela estão as seguintes faixas:

Fear Held Dear (ao vivo)
The Wrist (ao vivo)

————————————————————-

Remix 2000

Esse álbum é um re-lançamento do álbum Remix de 1997, foi lançado em 2002. Ele contem mais algumas músicas do que a versão original.

Músicas:

01. 43 (Sonar Mix)
02. Elevation (Skin Mix)
03. 2nd Thoughts (Fuck Like Pigs Mix)
04. Snap (Gravy Mix)
05. Mommy (Malfunction Mix)
06. Everyone’s Got One (Only Mix)
07. The Wrist (Hand of Solo Mix)
08. Episode 29 (Hardcore Mix)
09. Too Much Nothing (Too Many Days In The Studio Mix)
10. Mommy (No Vocal Mix)
11. Bwomp (Nord Mix)

————————————————————-

XIII

XIII é o segundo álbum da banda lançado por uma gravadora. Ele foi lançado em 14 de Outubro de 2003 sobre o selo da Universal Records.

O álbum estreiou no número 40 no ranking da Billboard 200 e vendeu cerca de 400 mil cópias ao redor do mundo. Esse é o último álbum da banda com o vocalista J.Mann.

Músicas:

01. Kill Tomorrow
02. Sun Doesn’t Rise
03. Mother Machine Gun
04. Nowhere to Go
05. Becoming Cold
06. One More Day (Faturando Devon Gorman como vocalista convidado)
07. The Dream is Over (Faturando Jens Kidman do Meshuggah como vocalista convidado)
08. The War Inside
09. Almost Gone
10. Eternal
11. Our Own Way
12. Destroy the World Around Me
13. Thirteen (perto do final dessa faixa aparece a canção Crazy)
A música “Crazy”, que aparece no final da faixa Thirteen foi originalmente promovida como uma versão especial do álbum exclusiva da Best Buy. No entanto, é presente em todas as cópias do álbum, independentemente da loja em que o álbum foi comprado.

Outra curiosidade dessa música é a de que ela foi re-gravada pelo Mushroomhead. Ela é original do cantor Seal.

As cópias do Reino Unido do álbum incluem a canção “Treason” e a instrumental “Loop #6”.

Uma versão com melhor qualidade de som do álbum continha as faixas “Along the Way ” e ” Loop #6 ” que eram bônus disponíveis para download através de um processo de identificação de CD a partir de uma página secreta na Universalmotown.com. Porém, desde que o Mushroomhead deixou a gravadora, a página foi excluida.

Quem gravou o álbum:

J.Mann – Vocal
Jeffrey Nothing – Vocal
Pig Benis – Baixo
Bronson – Guitarra
Gravy – Guitarra
Shmotz – Keyboards
St1tch – Samples
Skinny – Bateria

————————————————————-

Savior Sorrow

Savior Sorrow foi o primeiro álbum da banda a ser lançado pela Megaforce Records ( a banda deixou a Universal Records depois do CD XIII) e também foi a primeira gravação com Waylon Reavis que substituiu o ex-vocalista J.Mann.

Bronson saiu da banda antes do lançamento do CD e ele apenas gravou as músicas Cut Me e The Fallen. Gravy ficou responsável por gravar todas as outras músicas sozinho.

Originalmente ele deveria ter sido lançado no dia 06 de junho de 2006 ( 06/06/06 ) mas isso não aconteceu por razões não conhecidas. O que a banda realmente chegou a lançar nesse dia foi o jogo que contava como parte oficial do site, o MushroomKombat ( jogo no estilo Mortal Kombat em que contia os membros da banda e cada um deles contava com um fatality ).

Porém, o álbum foi lançado em 19 de Setembro de 2006 e versões diferentes em Outubro do mesmo ano.

O álbum foi lançado no dia do aniversário de Waylon que também foi o dia em que ele foi convidado a entrar na banda alguns anos antes.

Em maio de 2009 o álbum já tinha chegado a marca de 125 mil cópias vendidas ao redor do mundo.

Músicas:

01. 12 Hundred
02. Simple Survival
03. Damage Done
04. Save Us
05. Tattoo (Com participação de Sean Kane do Gizmachi)
06. Erase the Doubt
07. Burn
08. Just Pretending
09. The Need
10. Cut Me
11. The Fallen
12. Embrace the Ending

Faixas das versões especiais do álbum:

Burn (gravação original) (edições da FYE)
Embrace the Ending (versão demo) (Edições da Best Buy)
The Fallen (versão demo) (Edições da Best Buy)

Curiosidades:

Foram prenssadas versões especiais da capa do CD.
A primeira é que algumas capaz eram em 3-D
A segunda é que nas versões da Best Buy a capa do CD tinha a foto de um membro da banda, totalizando assim 7 capaz diferentes do mesmo álbum.
Quem ajudou no desing da capa do Savior Sorrow foi a ex-mulher do baterista Skinny.

Quem gravou o álbum:

Jeffrey Nothing – Vocal
Waylon Reavis – Vocal
Pig Benis – Baixo
Skinny – Bateria
St1tch – Samples
Shmotz – Keyboards
Gravy – Guitarra
Bronson – Guitarra apenas nas faixas 10 e 11

Sean Kane – Apareceu como vocalista convidado na faixa 5

————————————————————-

Beautiful Stories For Ugly Children:

Beautiful Stories For Ugly Children é o 7º álbum de estúdio da banda, e foi lançado em 28 de Setembro de 2010 sobre o selo da Megaforce Records. Teve grande aceitação pelos fãs, vendendo 11.000 cópias na primeira semana e estreiando na posição de número 44 no Billboard 200. Além disso o álbum conta com elementos dos 3 primeiros álbuns como os samples e keyboards.
O nome do álbum, ” Lindas Histórias Para Crianças Feias ” veio da série de quadrinhos do mesmo nome, e que foi circulada durante os anos 80. Segundo a banda, eles queriam que o título do álbum refletisse a natureza das canções, e o título surgiu a partir do momento em que eles encorporaram os elementos visuais do projeto.

Um fato interessante sobre o lançamento é que houve certa apreensão sobre o vazamento do CD, já que o álbum anterior, Savior Sorrow, vazou com semanas de antecedencia. Só que o álbum não vazou, e não era possível encontrar as músicas do mesmo até o dia do lançamento, mesmo com alguns fãs recebendo o álbum 2 dias antes do lançamento oficial, pelas compras feitas pela Amazon que mandaram o CD mais cedo.

Antes do lançamento também foi especulado que J.Mann faria uma participação especial, porém Jeffrey disse em entrevista antes do lançamento que a banda até tentou, mas que não hávia mais um clima legal para uma gravação desse tipo.

Músicas:
01. Come On
02. Inspiration
03. Slaughterhouse Road
04. I’ll Be Here
05. Burn The Bridge
06. Holes In The Void
07. Harvest The Garden
08. The Harm You Do
09. Your Demise
10. The Feel
11. Darker Days
12. Do I Know You ?

Curiosidades:
. O álbum conta com vários elementos do antigo Mushroomhead, inclusive as vozes de crianças. Essas vozes são de:
James & Steven Felton (filhos de Skinny), Mea Hatrix (filha de Jeffrey), Waylon & Pandora Reavis (filhos de Waylon)
. As máscaras que a banda passou a utilizar para a turnê do álbum são como uma evolução das máscaras do Savior Sorrow. As máscaras foram desenhadas pelos integrantes juntos a David H. Greathouse.
. Antes do anúncio do nome ser feito, todos os fãs estavam crentes que o álbum seria ” Slaughterhouse Road “, já que a propria banda utilizava esse nome em fotos, com a frase ” Slaughterhouse Road is back on business ” (O matadouro da estrada está de volta aos negócios).

Quem gravou o álbum:
Jeffrey Nothing – Vocal
Waylon Reavis – Vocal
Pig Benis – Baixo
Skinny – Bateria
St1tch – Samples
Shmotz – Keyboards
Gravy – Guitarra
Lil Dan – Percursão

Papa Joe Altier – vocal convidado em ” Holes In The Void ”
John Sustar – Percussão extra em ” Harvest The Garden “